Lidos: Janeiro

2/05/2016 01:01:00 PM

Olá, olá, olá!
Estou de volta depois de uma viagem incrível ao Espirito Santo e trouxe comigo os 12 livros que li desde o início do ano até agora (fevereiro), mas nesse post falarei sobre os que li somente em janeiro.

Sempre que eu viajo pra casa da minha mãe em Vila Velha, levo um arsenal de ebooks no Kindle e pelo menos um livro físico. Nunca consegui ler todos os ebooks que levo nas viagens e muito menos os livros físicos porque eu sempre insisto em levar alguma série nova pra ler e acabo comprando os outros ebooks da série pra ler a continuação e fico nesse loop; quando as férias chegam ao final, não li o que havia planejado, haha.

Dessa vez não foi diferente e eu li uma série incrível de nove livros e mais alguns outros. Aqui está minha leitura de janeiro:



Dark House (Experiment In Terror #1)

Karina Halle

Sinopse: There’s always been something a bit off about Perry Palomino. Though she’s been dealing with a quarter-life crisis and post-college syndrome like any other twenty-something, she’s still not what you would call “ordinary.” For one thing, there’s her past which she likes to pretend never happened, and then there’s the fact that she sees ghosts. 

Luckily for her, that all comes in handy when she stumbles across Dex Foray, an eccentric producer for an upcoming webcast on ghost hunters. Even though the show’s budget is non-existent and Dex himself is a maddening enigma, Perry is instantly drawn into a world that both threatens her life and seduces her with a sense of importance. 

Her uncle’s haunted lighthouse provides the perfect catalyst and backdrop for a horrific mystery that unravels the threads of Perry’s fragile sanity and causes her to fall for a man, who, like the most dangerous of ghosts, may not be all that he seems.

Avaliação: ★★★★☆ (4/5)

Sobre a leitura: Esse foi o primeiro livro que li esse ano e também o primeiro livro que li dessa autora. Fui levada ao mundo sombrio e excitante de Perry Palomino e seu parceiro, Dex Foray. A Karina Halle tem uma escrita muito jovial e cativante. Não sou muito fã de livros de terror, mas essa série simplesmente me pegou de jeito! Não consegui parar de ler nenhum livro dela. Nesse primeiro livro temos uma apresentação dos principais personagens da estória de Perry e Dex. Esses que, por sua vez, constroem um relacionamento de amizade muito cômico e apaixonante ao longo desse livro. Li cada página com um puta medo e evitei até de ler esse livro de noite, tamanha era o realismo do terror que Perry passava! Impossível não devorar esse livro de uma vez só e querer fazer parte da vida dos personagens. Enredo bem construído, apesar de não ser o melhor livro da série. Essa introdução aos personagens coadjuvantes é só o básico do que realmente acontece no decorrer da série, mas sobre isso falarei mais abaixo.



Cross My Heart

Katie Klein

Sinopse: True love can blossom in unexpected places. This is Jaden pretending not to notice. . . .

Jaden McEntyre and Parker Whalen are a wrong fit from the start. Jaden is driven and focused, Harvard Med School within reach. Parker has a past-a reputation-and the rumors about his mysterious habits abound. So there's no reason why, when they're assigned to work together on a project in English, they should discover they have anything in common, or even like each other, and they definitely shouldn't be falling in love.

As they bond over Edith Wharton's tragic novella, Ethan Frome, the "bad boy" vibe Parker plays begins to dissipate. Soon, Jaden finds herself shedding her own "good girl" image: sneaking around to be with him, confiding in him, and ultimately falling hard for this leather-wearing, motorcycle-driving loner who plays into the rebel stereotype.

Still, Jaden can't shake the feeling that there's more to Parker than he's letting on. He's hiding something from her, and discovering the truth means reconciling the Parker she's grown to love with the person he really is. Because it's possible that his life inside the classroom-everything Jaden knows-is one, massive lie.

Avaliação: ★★★☆☆ (3/5)

Sobre a leitura: Esse livro é leitura fácil pra quem gosta de YA. Mas, infelizmente, não me cativou. Tem muito clichê e drama adolescente, tudo que leitores do gênero Young Adult já haviam visto antes em outros livros, mas escrito de forma mais simples e menos elaborada. Os personagens são meio superficiais, nada que faça com que a gente realmente se sinta próximo deles ou que cative algum tipo ligação com o leitor. No entanto, essa não é uma leitura ruim. Muito pelo contrário, foi uma leitura mais fácil – praticamente um alívio para o peso do livro anterior. Se até a metade do livro tudo era clichê, quando chegou aproximadamente no meio, aconteceu um plot twist totalmente inesperado que me deixou boquiaberta e gritando WHAT THE FUCK! mentalmente. Mas o plot twist e o final cheesy e romântico desse livro não aliviou todo o clichê que já havia acontecido nele e um pouco da superficialidade. Quase foi avaliado com quatro estrelas, mas só pelo uso do termo 'feminist nazi' numa cena onde o protagonista age de forma machista e grossa, perdeu pontos na minha avaliação. Reclamei sobre no twitter e algumas outras leitoras sentiram-se indignadas e disseram que nem lerão esse livro só por conta desse fiasco.

Enredo ágil, estória clichê e personagens um pouco superficiais, mas ainda assim um livro bom. Não é ótimo e nem perfeito, mas não é ruim.



Someone Like You

Sarah Dessen

Sinopse: 

Halley has always followed in the wake of her best friend, Scarlett. But when Scarlett learns that her boyfriend has been killed in a motorcycle accident, and that she's carrying his baby, she was devastated. For the first time ever, Scarlett really needs Halley. Their friendship may bend under the weight, but it'll never break--because a true friendship is a promise you keep forever.

Avaliação: ★★★☆☆ (3/5)

Sobre a leitura: Estava com esse ebook guardado há bastante tempo, mas algo sempre me impedia de lê-lo. Resolvi dar uma chance a ele nessas férias e acabei me decepcionando.

Se antes a forma padronizada de escrita da Sarah Dessen me cativava, nesse livro ela me entediou. A sinopse nos dá uma ideia um pouco diferente do que a leitura realmente é. Sinto que fui traída pela autora, pois esperava uma estória X e tive estória Y. A personagem principal tem seu charme e a priori, seu par romântico também. Mas de repente tudo foge um pouco de controle e o leitor meio que fica perdido. Existe uma confusão de sentimentos em relação à evolução dos personagens. Hora parecem bem maduros, hora parece bem imaturos e inconsequentes. Principalmente a personagem principal que faz parte de uma família de mãe controladora e pai que só acata as ordens da mãe.

Soa familiar? Isso é porque todos os livros de Sarah Dessen consistem em personagens com mães controladoras ou descontroladas. Sinto que há um trauma ali.

A partir de um momento, tal amiga citada na sinopse aparece praticamente como um background. 

Quando terminei a leitura fiquei deveras aliviada. Personagens imaturos, enredo falho e com alguns plot holes. Não foi um dos meu livros favoritos, podem ter certeza.




Steal My Sunshine

Emily Gale

Sinopse: During a Melbourne heatwave, Hannah's family life begins to distort beyond her deepest fears. It's going to take more than a cool change to fix it, but how can a girl who lives in the shadows take on the task alone? Feeling powerless and invisible, Hannah seeks refuge in the two anarchists of her life: her wild best friend, Chloe, and her eccentric grandmother, Essie, who look like they know how life really works. But Hannah's loyalty to both is tested, first by her attraction to Chloe's older brother, and then by Essie's devastating secret that sheds new light on how the family has lost its way. Even if Hannah doesn't know what to believe in, she'd better start believing in herself. 

Combined with Hannah's contemporary story, at the heart of Steal My Sunshine is the revelation of a shameful aspect of Australia's history and how it affected thousands of girls and women—the forced adoptions that saw 'wayward girls' and single mothers forced to give up their babies by churches and hospitals. The practice endured for decades, and only now are the numbers and the heart-wrenching stories coming to light.

Avaliação: ★★☆☆☆ (2/5)

Sobre a leitura: Mais um livro que deixa a desejar no quesito coerência. A sinopse passa uma ideia e a leitura passa outra. Desde o início nenhum personagem é muito cativante e a estória é bem confusa. Não se sabe mais se a protagonista é a Hannah ou a avó dela, se a amiga dela é boazinha ou má, se a avó dela é uma pessoa boa ou não. Certamente o plot twist foi surpreendente, mas esse livro tem muito plot hole e precisava ser mais trabalhado.



Red Fox (Experiment In Terror #2)

Karina Halle

Sinopse: With Book Two of the Experiment in Terror Series, Perry Palomino and Dex Foray trade in the stormy Oregon coast for the unforgiving deserts of New Mexico.

In the for­got­ten town of Red Fox, New Mex­ico, a Navajo cou­ple is tor­tured by things unseen and by motives unknown. Wild ani­mals slink through their house in the dark, a bar­rage of stones pound their roof nightly, and muti­lated sheep car­casses are turn­ing up on their prop­erty. Armed with a cam­era and just enough to go on, Perry and Dex travel to the des­o­late locale, hop­ing to film the super­nat­ural occur­rences and add cred­i­bil­ity to their flail­ing web­cast. Only their show has a lot more work­ing against them than just grow­ing pains. Tested by dubi­ous ranch hands, a ghost from Dex’s past, and shapeshift­ing decep­tion, the ama­teur ghost hunters must learn to trust each other in order to fight the most ancient of myths…or die trying.

Avaliação: ★★★★☆ (4/5)

Sobre a leitura: O segundo livro da série Experiment In Terror é ainda melhor que o primeiro. Nesse livro a autora trás uma dinâmica melhor entre os personagens e insere na estória mais um, que estará mais presente durante o resto da série. O enredo de Red Fox consiste em muito suspense e mistério. A relação entre Perry e Dex começa a se fortalecer e a autora deixa claro ali que existe sim uma atração entre os dois. Os últimos capítulos são de prender a respiração enquanto lê! Esse livro tem um ar meio Scooby-doo. Karina Halle trouxe para a estória vilões completamente bizarros e heróis igualmente competentes. Red Fox é uma leitura que prende.



Dead Sky Morning (Experiment In Terror #3)

Karina Halle

Sinopse: With the Experiment in Terror show finding some success, amateur ghost hunters Perry Palomino and Dex Foray embark on their most terrifying investigation yet. A tiny, fog-shrouded island in the rough strait between British Columbia and Washington State has held a dark secret for decades: It was a former leper colony where over forty souls were left to rot, die and bury each other. Now a functioning campground, Perry and Dex spend an isolated weekend there to investigate potential hauntings but as the duo quickly find out, there is more to fear on D’Arcy Island than just ghosts. The island quickly pits partner against partner, spiraling the pair into madness that serves to destroy their sanity, their relationship and their very lives.

Avaliação: ★★★★★ (5/5)

Sobre a leitura: A estória de Dex e Perry é muito difícil de ser largada, então decidi ir lendo todos os livros da série, um atrás do outro, até eu não aguentar mais. Esse terceiro livro é um dos meus preferidos de toda a série. Dessa vez a autora deu mais intimidade a relação de Dex e Perry num enredo que, ao longo de sua execução, testa várias vezes a lealdade de um com o outro. Nesse livro existe muita tensão sexual e muito terror. Muito mesmo. Esse foi um dos livros que mais me fizeram sentir medo em toda a minha vida. Cada capítulo é mais cativante que o outro e muito mais sombrio. Ficar sem ler uma página atrás da outra simplesmente não é uma opção. Os vilões e monstros desse livro são o que mais chamam atenção e a forma como a estória vai acontecendo deixa impossível desgrudar os olhos de cada palavra.



Lying Season (Experiment In Terror #4)

Karina Halle

Sinopse: Amateur ghost-hunter Perry Palomino has battled ghosts, fought off skinwalkers and skirted the fine line between life and death. But can she survive bunking down in Seattle for a week with her partner (and man she secretly loves) Dex and his perfect girlfriend, Jennifer? And can she do so while being tormented by a malicious spirit from Dex's increasingly shady past? With love and life in the balance, Perry must discover the truth among the lies or risk losing everything she's ever cared about.

Avaliação: ★★★★★ (5/5)



Sobre a leitura: Outro dos meus preferidos! Dessa vez Perry e Dex encaram duas vilãs que estão muito presentes na vida de Dex. A relação amorosa (ou a falta dela) dos dois é o que faz esse livro ser um pouco mais leve em relação aos anteriores. Perry se mostra muito prestativa e muito fiel ao Dex, mesmo com todos os empecilhos e todas as coisas ruins que acontecem com Perry ao longo da estória. Não só Perry tem que concorrer com a atual namorada de Dex como também tem que enfrentar sua ex... que está morta. Ao decorrer do livro, Perry vai se aproximando mais e mais de Dex, até que ele não dá mais conta e se entrega a atração que sente por ela. Mas, infelizmente, nada é como o desejado e esse livro termina com um puta cliffhanger que deixa qualquer leitor boquiaberto.



On Demon Wings (Experiment In Terror #5)

Karina Halle

Sinopse: When the life you wanted has crumbled beneath your fingers, there’s nothing left to do but pick up the pieces and soldier on. You’ve done this before.

But what happens when you no longer feel like yourself anymore? When fires spontaneously start-up around you, when you hear growling coming from underneath your bed, and you no longer recognize your face in the mirror. What happens then?

Ghost-hunter Perry Palomino doesn’t have much time to find out. Now, the evil she used to hunt is a lot closer to home. It’s inside of her, taking over her life bit-by-terrifying bit, and there’s only one person who can help her. 

If part of her doesn’t kill him first.

Avaliação: ★★★★☆ (4/5)

Sobre a leitura: O enredo de On Demon Wings faz com que os 4 livros anteriores pareçam fracos. Dessa vez não temos Dex como protagonista ao lado de Perry, uma vez que ele quebrou seu coração no livro anterior. Perry encontra conforto na amizade de Max (o personagem novo que mencionei no livro #2) e a vilã da vez é ninguém mais, ninguém menos que ela mesma. Perry se vê perdida dentro do próprio corpo pois foi possuída e agora precisa mais do que nunca de ajuda. Com a ausência de Dex, as coisas ficam muito mais complicadas, mas o caminho trágico que o relacionamento deles tomou torna tudo mais difícil. Esse livro trás muita agonia, ansiedade e muita vontade de entrar na estória pra ajudar Perry. Também existe o turbilhão de sensações que cada capítulo trás. A vontade de ter Dex e Perry juntos novamente só aumenta ao decorrer dos capítulos e quando esse reencontro finalmente acontece, Karina Halle explode com a cabeça de todos os leitores. O livro termina com um cliffhanger muito surpreendente, mais ainda que os anteriores, fazendo com que a espera pelo próximo livro seja ainda maior e também mexe muito com as emoções dos leitores em relação aos demais personagens da estória. A autora tirou um pouco o foco de Dex e Perry e deu o highlight para outros personagens, fazendo com que os leitores amem uns e odeie outros.

***

Esses foram os livros que li em janeiro! Já li alguns agora em fevereiro e o próximo post de Lidos terá a avaliação dos últimos livros da série EIT. Não fiz o Lidos de dezembro/2015 porque só li dois livros.

Espero que esse ano me traga mais e mais séries maravilhosas como essa. <3 :)

Veja Também

2 comentários

  1. Que legal! Você passou férias AQUI!!!
    Sou de Vitória e estudo em Vila Velha hehehe
    Muita coincidência :)
    Não li nenhum desses livros, mas já li comentários nada favoráveis a Steal My Sunshine e ele com certeza não entrará na minha lista de leitura.
    Bjuxxxxx

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. minha mãe mora entre Vila Velha e Guarapari, em Ponta da Fruta! já ouviu falar?
      eu AMOOOOOO Vitória e Vila Velha. queria morar em algum desses lugares, sério! o Espirito Santo é um estado incrível!
      Steal My Sunshine foi um livro muito mal escrito, viu? sinceramente... mas se quiser ler algum, eu indico o Dark House. ele é diferente dos demais livros da série, então se não gostar muito dessa leitura, tenta pelo menos ler até o segundo da série e ai você vê. hehe. :)

      Excluir

Diga o que pensas:

Like us on Facebook

Flickr Images

Subscribe