Para ouvir e amar: Editors

1/02/2016 10:13:00 PM


(Foto: Rahi Rezvani)
Olá, 2016!

Como primeiro post desse ano, resolvi dar uma respirada das indicações de livros e trazer indicação de música. Nos posts anteriores, eu só fazia algumas playlists ou músicas separadas e deixava aqui para quem quisesse ouvir. A partir de agora vou falar um pouco da banda/músico(a) que vou indicar e fazer uma playlist das minhas músicas preferidas para que possam conhecer a banda do meu ponto de vista, hehehe.

Sobre eles: "Editors é uma banda de indie rock de Birmingham, Inglaterra; cujos membros se conheceram na Universidade de Staffordshire. Os membros que a compõem são Tom Smith (letrista/vocalista/guitarrista), Justin Lockey (guitarrista), Russ Leetch (baixista) e Ed Lay (baterista) e Elliot Williams (Sintetizador). Chris Urbanowicz saiu da banda no começo de 2012 para seguir seu projeto particular. O som enérgico da banda é frequentemente comparado ao de bandas como Joy Division, The Smiths, Echo & The Bunnymen, Kitchens of Distinction, The Chameleons e Interpol." (Leia mais)

Conheci Editors por meio da trilha sonora do filme A Saga Crepúsculo: Lua Nova. A décima quarta música do álbum oficial trás a música No Sound But The Wind, ouça:



Me apaixonei pela banda desde a primeira vez que ouvi essa música. Logo fui atrás da discografia deles e me deparei com um puta repertório maravilhoso. Os primeiros álbuns eram cheios de sintetizadores e um estilo um pouco mais psicodélico e dançante, enquanto os demais álbuns, inclusive os mais recentes, trazem melodias um pouco mais melancólicas e meio românticas.

Uma coisa é inegável sobre Editors: as letras deles são incríveis. Todas as suas músicas são abertas à interpretações pessoais, mas o significado geral de cada letra é algo inteiramente genial e cativante.
Eu amo a forma como a melodia sempre combina perfeitamente com a letra e o vocal do Tom é incrível. A coisa que mais me chamou atenção em No Sound But The Wind foi a sua voz grave e o jeito carregado que ele canta algumas palavras.

Claro que em outras músicas, as mais animadas, o tom de voz dele muda um pouco e fica ainda melhor. Seu vocal também consegue alcançar notas mais altas e tons mais agudos. É simplesmente incrível que na mesma música Tom Smith consiga cantar em ambos os tons sem desafinar nada!
Para mais indie rock britânico, ouça minha playlist de Editors:


Papillon - Editors  
  An End Has A Start - Editors  
  Munich - Editors  
   Smokers Outside The Hospital Doors - Editos  
  Sugar - Editors  
When Anger Shows - Editors  
  Like Treasure - Editors  
  Algumas que quero na playlist mas não achei o arquivo em mp3:


Ocean of Night - Editors

 
  The Sting - Editors


Formaldehyde - Editors


Come Share The View - Editors



Repertório: A discografia do Editors consiste em 5 álbuns de estúdio, uma coletânea (que ainda não achei pra download, quem tiver o You Are Fading, por favor me manda!!!) e b-sides para cada álbum de estúdio. Recentemente eles fizeram uma turnê por toda a europa divulgando esse último álbum que tá incrível, não só no quesito sonoridade, como também no aspecto visual da divulgação e dos videoclipes deles. Toda a identidade visual desse álbum foi produzida junto com o fotógrafo e cinegrafista Rahi Rezvani e, como fotógrafa, só posso aplaudir a genialidade desse cara. Seus retratos de shows/candids/promo da banda estão maravilhosos!

Dois anos depois de terem lançado o The Weight Of Your Love, a banda trouxe um aspecto totalmente diferente pra esse álbum novo, In Dream. A atmosfera dele é bem mais fechada, algo íntimo e com um aspecto escapista.

Meu álbum preferido de todos é o segundo, An End Has A Start, mas o In Dream já conquistou um lugarzinho no meu coração e merece um lugar no seu também!

Discografia de estúdio


  
The Back Room (2005)             An End Has A Start (2007)        In This Light And On This Evening (2009)

  
You Are Fading (2011)             The Wight Of Your Love (2013)     In Dream (2015)

Fotos:




(Fontes: Google Images/Instagram/Rahi Rezvani)

Para indie rock britânico com muito sintetizador, música dançante e música melancólica com um vocal incrível, escute Editors!

P.s: Tava com esse post quase pronto desde 01/01/2016, porém foi um parto achar um código ou algum site que faça playlist online e permita compartilhamento por meio de códigos.

P.p.s: Amo muito essa banda e morro de ciúmes das bandas que eu gosto, mas como eles não são tão conhecidos aqui no Brasil, quis compartilhar esse amor de grupo para que eles fiquem bem conhecidos e façam alguma aparição por aqui, quem sabe?

P.p.p.s: Me desculpem por essa playlist horrorosa, mas depois que o Grooveshark se foi, não existe mais nenhum site daquele tipo pra fazer playlist. Se alguém souber de um daquele tipo sem ser Spotify, por favor me indica!




Veja Também

0 comentários

Diga o que pensas:

Like us on Facebook

Flickr Images

Subscribe